Site lista 6 desculpas que as mulheres usam para comer demais


comer

A maioria das mulheres tem em seus ombros um ‘diabinho’ e um ‘anjinho’, que vive dando desculpas sobre o que se pode ou não comer. Mas nem sempre dá para levar o assunto a ferro e fogo quando o assunto é alimentação: é preciso saber dosar a culpa sem perder mom bom senso. Para ajudar quem se identifica com esta situação, o site da CNN fez uma lista com seis coisas importantes para se prestar atenção. Eles ouviram questões dos leitoras e pediram a ajuda de especialistas para apontar as desculpas mais comuns que as mulheres usam para ‘enfiar o pé na jaca’. De acordo com Harley Pasternak, treinador de celebridades como Lady Gaga e Katy Perry, as mulheres têm o hábito de rotular os alimentos em ‘bons’ e ‘ruins’. “Por isso, nos sentimos culpados quando comemos algo que acreditamos que não deveríamos”, observou. A nutricionista Evelyn Tribole sugere equilíbrio. “Vamos nos livrar da culpa! As mulheres precisam se lembrar que existem alimentos que elas amam e eles não irão quebrar a dieta como um todo”, aliviou.

1. Gordura boa
“Se for gordura boa, como abacate e amêndoas, posso comer o quanto eu quero”, disse Stacy Rogers Sharp, de Austin, Texas. De fato, algumas gorduras são mesmo benéficas. “Monoinsaturados e poliinsaturados ajudam a reduzir o colesterol e baixar o risco de doenças cardíacas e derrame”, disse Walter Willet, professor de nutrição na Harvard School of Public Health. No entanto, este tipo de gordura engorda tanto quanto a considera ruim, encontrada em alimentos como queijo e carne vermelha. Em média, cada grama de gordura tem 9 calorias, além de o dobro da densidade de proteínas e hidratos de carbono. As diretrizes nutricionais indicam que 30% das calorias ingeridas devem vir da gordura, sendo que menos de 10% deve vir da saturada.
2. Fim de semana
“Como salada a semana toda, então posso exagerar no fim de semana”, disse Elizabeth Upchurch, de Jackson, Mississipi. De acordo com Willet, ‘enfiar o pé na jaca’ de vez em quando faz parte, mas o exagero frequente, todo fim de semana, pode anular todo o esforço feito ao longo da semana. Basta calcular: a menos que você gaste mais calorias do que consuma, você está propenso a ganhar peso. Exagerar 156 dias por ano certamente vai resultar em peso a mais na balança. E ainda sobre as saladas, os especialistas ressaltam o fato de que só são saudáveis se não forem incrementadas por itens engordativos como molhos, queijos e bacon.​ Estudos mostram que, na TPM, mulheres chegam a consumir 1.100 calorias a mais por dia.
3. Compensando na esteira
“É claro que posso comer dois pedaços de pizza no almoço; vou à academia hoje à noite”, disse Hope Rising, de Clearwater, Florida. Infelizmente, na academia não necessariamente é possível queimar todas as calorias que se consome. Além disso, dois pedaços de pizza têm, em média, 800 calorias. De acordo com Tribole, há dias em que nos sentimos mais famintos, mas vale apostar na moderação. “Se você quer pizza, coma. Você não precisa justificar isso”. Basta ter bom senso e não querer comer a pizza inteira.
4. TPM
“Quando estou na TPM e meu corpo deseja sal e açúcar, o melhor a fazer é comer” disse Liz Seccuro, de Alexandria, Virginia. Estudos mostram que a produção da serotonina – o hormônio que regula o humor e o peso – é mais lenta durante a TPM, daí a vontade de alimentos ricos em amido, que tendem a estabilizar este quadro. Um estudo mostrou que as mulheres consomem cerca de 1.100 calorias a mais por dia neste período do mês. Como isso não faz nada bem para a silhueta, a indicação é apostar em carboidratos complexos. “Ao comer arroz, massas e farinha de aveia, as mulheres em nossos estudos sentiram-se melhores”, disse a pesquisadora Judith J. Wurtman. Se a vontade de um biscoito for grande, tente se contentar com um.
5. Pipoca
“A pipoca tem baixo teor de gordura, então posso comer o quanto eu quiser”, disse Cynthia Fabian, de Somerset, New Jersey. Muitas pessoas acabam exagerando em alimentos que tem baixo teor de gordura ou de carboidratos, como pipoca, iogurte e gelatina. Mas estes itens podem ser particularmente enganosos, explica Brian Wansink, pesquisador em psicologia alimentos na Cornell University. “Muitas vezes as pessoas acreditam que alimentos com baixo teor de gordura têm 44% menos calorias, mas quando as empresas removem a gordura, eles adicionam açúcar”, observa, acrescentando que de um modo geral este alimentos tem apenas cerca de 10% a menos de calorias. Os fãs de pipoca devem se contentar com 3 xícaras, sem nada por cima, que equivale em calorias a uma fatia de pão.
6. Água milagrosa
“Se eu comer muito e depois beber muita água ela irá limpar o meu organismo”, disse Diana Lynn, de Woodland Hills, California. Embora a água ajude a eliminar as toxinas do corpo, ela não pode fazer muito sobre um imenso prato de macarrão à carbonara. Quando você come, seu organismo decompõe os alimentos e transporta os nutrientes, explica Willett: “Mesmo bebendo litros de água, isso não irá compensar o fato de comer demais.”

Créditos: SAJ Notícias

About

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *