Loira exibiu ao vivo estupro da melhor amiga em vídeo perverso

A loira e o autor do estupro foram presos e condenados.

A verdade é que abusos sexuais acontecem todos os dias no mundo inteiro.

No dia 15 de fevereiro, (quarta-feira) o site do jornal Extra, do RJ, publicou um caso famoso que foi noticiado através do tabloide britânico Daily Mail. A publicação se trata de uma mulher americana que traiu sua melhor amiga e acabou sendo presa.

A jovem recebeu a sentença de 9 anos de prisão, por ter transmitido, ao vivo, o crime de abuso sexual de sua própria colega. A jovem usou o site Periscope para fazer a transmissão.

A jovem criminosa se chama Marina Lorina, e recebeu a sentença no dia 13 de fevereiro (segunda-feira), nos Estados Unidos em Ohio.

A jovem assumiu a culpa e foi realmente condenada pelo fato de ter transmitido um estupro ao vivo.

O estuprador da moça já se encontra preso e foi condenado a nove anos de prisão em regime fechado.

O crime aconteceu no dia 26 de fevereiro de 2016 e demorou quase um ano para que o caso fosse encerrado. De acordo com a vítima do estupro, ela foi manipulada para ir ao local do ocorrido. Ela alegou ainda, que não desejava manter relações sexuais com o rapaz e também não autorizou a filmagem.

 

Fonte: PortalInteressante

About

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *