Ex-Bombeiro Que Perseguia Madonna é Condenado a Três Anos de Condicional


Madonna
Cantora Madonna, que se apresentou em Porto Alegre em 2012, foi perseguida pelo ex-bombeiro
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Obcecado pela rainha do pop, o ex-bombeiro Robert Linhart foi condenado a três anos de condicional por perseguir Madonna em Nova York em 2010. Ele foi preso duas vezes naquele ano por fazer plantão na frente do edifício da intérprete de Material Girl. Na ocasião, deixou diversos bilhetes e pintou, com spray, mensagens de amor para a cantora.

Linhart, 61 anos, já havia sido declarado culpado em novembro, mas, de acordo com o site Aceshowbiz, teve sua pena reduzida a apenas condicional pela juíza Laura Ward, que lembrou os 20 anos em que o fanático foi bombeiro e colocou a vida em risco pelos cidadãos.

Créditos: Zero Hora

About

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *